Telefone: 11 3554-0726 | WhatsApp: 11 97365-0726 | e-mail: contato@espacoavatara.com.br

Masso... o quê?

A vida e o que faz um massoterapeuta, conhecimentos e escolas.

Masso... o quê?

Lembro, quando me formei em massoterapia, a reação das pessoas sempre que dizia a minha profissão: “Masso...o quê?”. Felizmente hoje a realidade é outra. A maioria pelo menos já ouviu falar a respeito, apesar de poucos saberem ao certo o que fazemos. Para quem não sabe, o massoterapeuta é um profissional especializado em massagens terapêuticas, ou seja, aquelas que seu pai ou sua tia fazem quando estão “travados”, sabe? Pois é. Obviamente, a massoterapia é muito mais abrangente que isso. Um massoterapeuta estuda e aplica técnicas que auxiliam na qualidade de vida e bem estar dos pacientes.

Quando você vai receber uma massagem é muito comum que o massoterapeuta pergunte sobre sua saúde: se faz algum acompanhamento médico, se pratica exercícios físicos, se tem algum problema na coluna (hérnia de disco, escoliose etc) ou articular (bursite, artrose), ou mesmo se dorme bem – para avaliar se está ansioso, cansado, desanimado, por exemplo. Essas perguntas são fundamentais para o profissional conhecer o paciente como um todo e identificar se a dor que ele sente é de fundo emocional ou meramente física; onde ele pode/deve ser massageado; qual alongamento mais indicado para que a dor diminua ou o movimento de um membro melhore e assim por adiante. Afinal, todas as manobras têm um motivo para serem realizadas e foram pensadas minuciosamente.

Um massoterapeuta estuda também a anatomia, fisiologia, cinesiologia (relecionada aos movimentos do corpo humano), filosofia e psicologia, além de várias técnicas de massagem, é claro. Portanto, é de extrema importância que o paciente procure um massoterapeuta com formação técnica no assunto, a fim de evitar preocupações. Vale ressaltar ainda que o massoterapeuta pode incluir algumas terapias em sua dinâmica de atendimento, como spiral taping, kinesio taping, cromoterapia, acupuntura etc – preferencialmente adquiridas em cursos de especializações.

De modo geral, o que pode diferenciar um profissional do outro é o seu estilo – ou filosofia de trabalho: alguns são especializados em massagens orientais japonesas e chinesas, outros mais focados nas técnicas indianas e assim por diante. Por isso, e diante de tanta oferta, o ideal é que você procure um estilo com o qual mais se identifique.

...E se você nunca teve a possibilidade de receber uma massagem, ou faz muito tempo que não recebe, aqui vai uma dica: adote a prática periodicamente, mesmo se você não sente dores, pois já está mais do que comprovada sua eficácia: ela aumenta a qualidade de vida com a diminuição do estresse, o grande causador das doenças e dores do nosso século.


CONTEÚDO VIP

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Compartilhe

   
   
   
   

Veja os comentários deste post

Scroll to Top